fundo

CONDOMíNIO - ALGARVE

CONDOMíNIO - ALGARVE

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

O HUMOR VENCEU O DESAFIO


CHÃO PARTIDO NO FINAL DAS FÉRIAS


FÉRIAS DE 2008 - ALGARVE

As férias foram optimas no mês de Agosto/Setembro e tudo estava bem até que o chão do apartamento teve de ser partido pela simples razão que conheces. No mês de Novembro quando viagaste comigo o chão já estava arranjado, mas como a sorte não quer nada comigo... o chão ficou com mosaicos de cor diferente. Nova tarefa está para chegar. Os mosaicos vão ter que ser removidos pela segunda vez. Como não há referências da cor, mas apenas um mosaico... a minha sorte estará de novo, de costas voltadas? Como já estou por tudo vou dar uma oportunidade a mim mesma e vou voltar a mandar colocar os mosaicos que não tenho a certeza que ficarão iguais ao dito chão do apartamento. No entanto é só para aliviar a tarefa de ter que mandar colocar 45m2 quadrados de mosaicos novos.
Se a sorte estiver comigo darei por findo este dilema!!!???
A foto que deixo aqui vai deixar na dúvia, a dúvida que habita em meu coração.
Um beijo e deseja-me melhor sorte para a proxima.
Ai! Ai!
Isa

sábado, 25 de outubro de 2008

CORTE DA RELVA - MANHÃ FRESCA

AO AMANHECER - TODO ESTAVA A POSTOS

Todos os dias pela manhã, depois da rega automática que regava toda a relva, chegavam os homens para limpar as piscinas. Eu acordava com o barulho e o cheiro fresco de relva molhada e quando de vez em quando a relva era cortada, o cheiro corria todo o condomínio. O barulho das serras a cortar a relva soavam como música e o cheiro a verde nos transmitia a calma no amanhecer.
Depois do pequeno almoço davamos um passeio pelo condomínio, olhavamos os passaros que cantavam nos ramos frescos. A máquina fotográfica acompanhava-me... e aqui e ali haviam flores que abriam suas pétalas aos primeiros raios de sol. Depois de um mergulho na piscina subiamos nos elevadores até ao apartamento para o almoço.
Depois do almoço voltavamos à piscina e era então que abriam as flores do meio-dia. E a máquina que sempre estava preparada para a sua funsão disparava. Dia apôs dia foram assim as três semanas de férias que, deram para descançar...

RECORDAÇÃO - FÉRIAS DE 2008

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

OLHO PARA O CÉU E NÃO VEJO AS ESTRELAS

O nascer de uma criança é divino, como divino é o nascer do sol. Pois que, sem sol não haveria vida na terra e, sem crianças o sol não faria sentido nascer. A lua não refletiria sobre a terra e, nem as estrelas brilhariam no céu.

CASA ONDE TUA MÃE NASCEU - QUINTA


terça-feira, 7 de outubro de 2008

ALBARVE; MINHA TERRA

Minha terra, meu Algarve,
Como tu estás diferente!
Tornaste-te hospitaleira, mas
Todavia menos crente...!
Os teus filhos te abandonaram, mas
Logo outros te adoptaram, porque
És grande a valer!

Esses teus filhos de outrora,
Orgulham-se de ti agora,
Por aquilo que lhes fazes ver...

O teu nome é eterno, o teu seio
Acolhedor, por isso, os que te conhecem
Todos te têm amor!

As tuas praias são as melhores,
As suas águas, as mais quentinhas,
Sem contar com o sol, as areias e,
As conchinhas!
As algas, essas ervinhas, que enervam
O nadador são todavia fresquinhas,
Mesmo antes do sol se pôr!

11-09-1982

FLOR DO CONDOMÍNIO